Augustinopolis-TO, domingo, 24 de junho de 2018

Publicidade

Blog´s

Publicidade

Cultura

Fabic doa 1ª colheita do Projeto Simpagro realizado durante a III Expogra

17/08/2017 15h46 | Atualizado em: 17/08/2017 15h57

Foto: Renato Morais
Escolas e cheches da rede municipal de ensino de Augustinópolis foram abastecidas nesta quarta-feira (16) com alimentos extras e fresquinhos oriundos do Campo Agrostológico do projeto Simpoagro, projeto experimental dos acadêmicos do curso de Agronegócio da Fabic, e melhor ainda: Tudo orgânico, livre de agrotóxico. Em somente três canteiros foram produzidos 70 pés de alface, 10 kg de rabanete, 90 maços de rúcula, 150 aços de coentro, 11 maços de couve, 12 maços de cebolinha e 40 unidades de pepino. Em breve será a colheita de abóbora, feijão e milho.

“A colheita superou as expectativas, fazendo com o que a produção tenha sido estendida a duas escolas estaduais, o projeto previa a destinação dos alimentos para creche e escolas do município de Augustinópolis, e o resultado foi excelente” comentou a coordenadora do curso de agronegócio, Ana Cléia Oliveira.

A coordenadora ressalta que as parcerias fora fundamentais nesse projeto, onde contou com acompanhamento de um técnico da Ruraltins com a irrigação da Ferpa/Borrachas, com sementes de pastagens da Mastuda, com orientação de Mage Consultoria , com a análise de solo e fertilização da Heringer, com sementes para horta e ferramentas da Casa do Campo e Vet Norte, madeiras da Cerca Forte, além de todo o apoio das secretarias do Meio Ambiente, Agricultura e Infraestrutura da Prefeitura Municipal de Augustinópolis.

Esteve presente na colheita a diretora acadêmica da Fabic, Ivy Karla Soares, a diretora administrativa e Financeira da Fabic. Racléia Lima dos Santos, a secretária de educação de Augustinópolis, Renata Sousa, o secretário do Meio Ambiente, Fernando Cardoso, professores e alunos da Fabic.

“Enfatizo que o projeto faz parte das práticas necessárias no processo de ensino e aprendizagem, em que a FACMED/FABIC juntamente com o curso de Agronegócio, está modernizando esses conceitos dando uma nova roupagem para o curso” concluiu.



Deixe seu comentário