Augustinopolis-TO, sábado, 24 de fevereiro de 2018

Publicidade

Blog´s

Publicidade

Educação

Acadêmicos do curso de Enfermagem da Unitins realizam Campanha Setembro AMARelo

14/09/2017 18h52 | Atualizado em: 14/09/2017 19h07

Segundo o relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS), a cada 40 segundos uma pessoa se suicida e, para cada vítima, cerca de dez a 20 tentativas foram feitas. A falta de informação e de discussão em casa e nas escolas é um dos fatores que dificultam a prevenção de novos casos.

Setembro Amarelo é uma campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio, com o objetivo direto a alertar a população a respeito da realidade do suicídio no Brasil e no mundo e suas formas de prevenção. Ocorre no mês de setembro, desde 2015, por meio de identificação de locais públicos e particulares com a cor amarela e ampla divulgação de informações.

E com a temática “Conscientização para o Cuidado da Saúde Mental e Prevenção do Suicídio” os acadêmicos do 4º período do curso de Enfermagem da Universidade Estadual do Tocantins (UNITINS) Campus de Augustinópolis, em parceria com a Secretaria de Saúde, CAPS-AD (Centro de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas) sob a orientação dos professores, Ana Maria Costa T. Carneiro, Janayna Araújo Viana e Maikon Chaves de Oliveira, realizaram no (CEMVS) Colégio Manoel Vicente de Sousa o Projeto de Extensão “Cuidadores de Corpo e Alma”.







Os acadêmicos realizaram peça teatral, palestras, mesa redonda e esclarecem dúvidas entre os alunos da CEMVS, para a coordenadora do Caps, Ana Maria Costa Teixeira o principal objetivo é levar mensagem para os jovens de Augustinópolis, em virtude que a população Brasileira Jovem entre 15 a 29 anos estão na linha de risco para cometer suicídio, “Podemos também falar um pouco sobre o Caps, como atuamos, dos nossos programas, com esse projeto pudemos ajudar algumas pessoas, que se sentiam recuados e nas palestras tivemos grandes esclarecimentos e depoimentos reais de alunos que já passaram por depressão, e hoje com ajuda de família, amigos e programas sociais, tiverem grandes resultados e superaram esse tabu que é o suicídio” disse.

Em entrevista ao website PortalGeiza.com o enfermeiro do Caps, Maikon Chaves comentou que, a campanha teve como objetivo conscientizar a população jovem sobre a importância do combate às causas do suicídio e promover ações sociais, esclarecer dúvidas entre os alunos “Com certeza essa ação do setembro Amarelo realizada entre os alunos irá refletir bastantes em cada pensamento de cada um que participou das palestras, aproveitando convido todos os jovens, adolescentes, adulto e idoso para conhecer nossos programas do CAPS-AD, temos grupo de autoajuda para dependentes químicos e pessoas acometidas por sofrimento mental, sendo que este Centro de saúde mental atende várias cidades da região! Frisou.


Mais fotos confiram CLICANDO AQUI!




Deixe seu comentário