Augustinopolis-TO, quarta, 19 de setembro de 2018

Publicidade

Blog´s

Publicidade

Política

PSDB regional pode expulsar Cinthia Ribeiro do partido até o dia 20

13/03/2018 20h17 | Atualizado em: 13/03/2018 20h19

O Conselho de Ética do PSDB regional deve votar até o dia 20 a expulsão da vice-prefeita Cinthia Ribeiro. O presidente estadual do partido, senador Ataídes Oliveira, disse ao blog que recebeu nesta terça-feira, 13, o pedido de expulsão contra ela protocolado pela executiva da comissão metropolitana tucana.

O documento, conforme Ataídes, acusa a vice-prefeita de infidelidade partidária ainda por conta do episódio de abril do ano passado, quando Cinthia foi destituída da presidência metropolitana ao tentar formar o diretório do PSDB de Palmas. Conforme o senador, a comissão tucana de Palmas defende que ela agiu contra a executiva estadual ao judicializar o caso. A liminar pedida por Cinthia foi negada pela Justiça na época.

A comissão metropolitana ainda aponta o fato de Cinthia ter declarado apoio a outro pré-candidato a governador, o prefeito Carlos Amastha, quando o PSDB tem seu nome na disputa pelo Palácio Araguaia, o senador Ataídes. Os tucanos de Palmas ainda lembram que a vice-prefeita chegou a dar entrevista, fazendo a defesa da pré-candidatura de Amastha.

Além disso, conforme a comissão metropolitana, a vice-prefeita teria exonerado um indicado do partido para cargo no município — o nome não foi divulgado.

Ataídes disse está encaminhando o pedido, ainda nesta terça, para o Conselho de Ética da executiva regional. “Tudo indica que a vice-prefeita será expulsa do PSDB”, previu o presidente regional.

O blog tentou, mas não conseguiu falar com Cinthia até o fechamento desta matéria.

Deixe seu comentário